Quarta-feira
11 de Dezembro de 2019 - 

Artigo - Magistrado: vocação para a Justiça, por Elbia Araújo

Magistrado: vocação para a Justiça   Elbia Araújo   Neste dia 11 de agosto, os magistrados comemoram o seu dia. Com vocação para a Justiça, o juiz de Direito continua sendo o provedor da paz social e da garantia dos direitos da população. Quero aqui destacar a importância e a necessidade de defesa, de toda a sociedade, em prol de um Judiciário forte e independente. Estamos vivemos um momento singular. Não podemos aceitar retrocessos e jamais permitiremos o enfraquecimento das instituições que solidificam o Estado Democrático de Direito. A sociedade e também as instituições despertam a cada dia para um novo tempo, com uma mudança de cultura e de paradigmas, que fortaleçam ainda mais o significado da ética, da honra, do caráter, da civilidade, da humanidade e da justiça. A transformação do País não cabe apenas a uma classe, mas a todos os cidadãos, indistintamente. Os juízes baianos, entre os mais produtivos e com maior carga de trabalho do país, segundo dados do próprio Conselho Nacional de Justiça, estão empenhados em garantir um serviço jurisdicional cada vez melhor e mais eficiente, mesmo com as dificuldades enfrentadas. Também queremos um Judiciário cada vez mais independente, célere e próximo da população, a quem somos servidores. À frente das Associação dos Magistrados da Bahia, a AMAB, temos buscado defender a imagem da magistratura, e sabemos bem a quem interessa um Poder Judiciário fraco e sujeito a pressões. É preciso preservar o respeito à dignidade e liturgia do cargo, e proporcionar, cada vez mais, melhores condições estruturais, com reflexos positivos para toda a sociedade. É fundamental que estejamos cada vez mais próximos da população. Importante que o corpo social conheça o papel do juiz e as suas dificuldades. Somos seres humanos, diante de pressão, cobranças e vulnerabilidade. O Judiciário cumpre o seu papel de proporcionar a harmonia necessária, garantindo o cumprimento das leis e a solidez do Estado Democrático de Direito. Os juízes, como aplicadores da lei, têm um papel importante neste processo, ao atuar em prol da pacificação e da garantia dos valores sociais. Em seu trabalho anônimo e diuturno, está sempre a serviço da verdade e do bem comum. E mesmo com todas as adversidades que venhamos a enfrentar, temos amor por aquilo que fazemos e, por isso, continuaremos atuando com afinco, com dedicação, sempre comprometidos em fazer a Justiça que todos esperam. Somos magistrados e temos muito orgulho disto. Homenageio aqui todos os colegas magistrados da ativa e aposentados, pela dedicação e compromisso com a Justiça ao longo de suas vidas! Feliz Dia do Magistrado!   Elbia Araújo Presidente da AMAB
10/08/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia