Domingo
14 de Agosto de 2022 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Congresso Metropolitano da Jovem Advocacia 2022 debateu áreas do Direito, carreira e marketing jurídicos

Aconteceu, entre quinta (28) e sexta (29) da última semana, o Congresso Metropolitano da Jovem Advocacia 2022, reunindo grandes nomes do universo jurídico em torno do tema 'O Desafio da Jovem Advocacia no Pós-Pandemia', de maneira inédita, na cidade de Lauro de Freitas.  A presidenta da OAB-BA, Daniela Borges, exaltou a ocasião: "Gostaria de destacar a importância de eventos como esse para a Jovem Advocacia, que agregam conhecimento e aperfeiçoam a formação às advogadas e advogados para que os desafios da profissão possam ser enfrentados de modo a manifestar, constantemente, a importância da advocacia no sistema de Justiça. As advogadas e advogadas são uma das condições de aperfeiçoamento da sociedade, e a OAB da Bahia se encontra permanentemente de portas abertas à toda a Jovem Advocacia para que este caminho seja trilhado da melhor maneira possível. Juntos, nos fortalecemos para responder às demandas contemporâneas. E, neste sentido, a OAB Jovem da Bahia, a OAB Jovem de Lauro de Freitas e a subseção de Lauro de Freitas estão de parabéns pela realização do Congresso Metropolitano da Jovem Advocacia 2022", disse a presidenta.  Sarah Barros, presidenta da CCJA, avaliou o encontro e celebrou o sucesso do evento: "O Congresso Metropolitano da Jovem Advocacia foi um sucesso. Resultado de esforços para atender a necessidade da subseção de Lauro de Freitas, olhando com carinho e atenção as necessidades da Jovem Advocacia da cidade. Conseguimos levar para as jovens advogadas e advogados um grande congresso, com palestrantes renomados e muito conhecimento prático". Sarah Barros destacou, ainda, a presença maciça da OAB-BA e do CCJA baiano no interior do estado: "Sem dúvidas é um compromisso da OAB e da OAB Jovem a interiorização de todos os nossos projetos, fazendo com que o jovem advogado e advogada das cidades do interior possam estar mais perto, através da busca da compreensão local e específica", completou.  A secretária-geral da OAB-BA, Esmeralda Oliveira, destacou a atuação das jovens advogadas e advogados no estado: "Tive o prazer de participar do Congresso compartilhando experiências e, sobretudo, testemunhando como o nível de participação e mobilização da jovem advocacia, na Bahia, é singular. Realizam eventos com um dos maiores índices de participação e que aportam maior importância para a vida prática de jovens advogadas e advogados, como demonstra o sucesso das Audiências Simuladas que tem acontecido aos sábados na sede da OAB-BA, o que prova o interesse constante desta categoria no aprendizado e na capacitação. São as jovens advogadas e os jovens advogados que, afinal, darão continuidade à defesa da advocacia e ao protagonismo da OAB e na OAB, através da formação de lideranças que sempre foi uma das marcas da OAB Jovem da Bahia. E, para isso, estamos sempre à disposição para trocar experiências e colher aprendizados", completou.  Para Hermes Hilarião, tesoureiro da OAB-BA, o Congresso Metropolitano da Jovem Advocacia 2022 foi mais uma etapa concluída na integração e no reconhecimento do protagonismo das jovens advogadas e advogados: "Temos o firme compromisso de continuar valorizando a jovem advocacia e isso nos impõe também interiorizar os projetos da OAB Jovem. Vivemos muitas transformações na advocacia e é fundamental estarmos cada vez mais próximos dos colegas, sobretudo daqueles que estão em início de carreira e do interior. Portanto, a OAB da Bahia, a Subseção de Lauro de Freitas e a OAB Jovem da seccional e da subseção estão de parabéns!", comentou. Uma das participações mais aguardadas do Congresso, o conselheiro federal e ex-presidente da OAB-BA Luiz Viana enfatizou a relevância do evento: "Foi muito importante ter a chance de participar deste primeiro Congresso Metropolitano da Jovem Advocacia, na subseção de Lauro de Freitas. Vim trazer um pouco da minha experiência como advogado eleitoral mas, sobretudo, aprender com os colegas jovens advogadas e advogados, as dificuldades e os desafios da advocacia nos dias de hoje. Foi mais uma oportunidade para aprender e trocar experiências. Todos os responsáveis estão de parabéns!", disse o ex-presidente. Fabrício Castro, ex-presidente da OAB-BA e conselheiro federal, destacou o protagonismo e a proeminência de jovens advogadas e advogados: "O Congresso Metropolitano da Jovem Advocacia 2022 se revelou um excelente evento, e uma grande oportunidade que a Jovem Advocacia de Lauro de Freitas teve para discutir temas relevantes, tanto para as jovens advogadas e advogados quanto para a advocacia como um todo. Fico satisfeito de ver a maturidade que a Jovem Advocacia tem e creio que, no triênio dessa gestão, avançará muito mais", destacou.  O Congresso A abertura oficial do Congresso ficou por conta da presidenta da OAB-BA, Daniela Borges, e da presidenta do Conselho Consultivo da Jovem Advocacia, Sarah Barros. Também participaram da mesa de abertura o presidente da Subseção de Lauro de Freitas, Ângelo Ramos, e o presidente da CJA de Lauro de Freitas, Helidissiony de Souza.  A palestra magna de abertura, por sua vez, foi realizada por Pablo Stolze, juiz de Direito e professor de Direito Civil da UFBa. Intitulada '20 anos do Código Civil: algumas reflexões práticas', formulando reflexões sobre os 20 anos da Lei n. 10.406/2002 e da instituição da Jornada de Direito Civil. No segundo dia de Congresso, a primeira mesa teve, como tema, o Direito Eleitoral, e contou com a presença do conselheiro federal e ex-presidente da OAB-BA, Luiz Viana, do tesoureiro da OAB-BA, Hermes Hilarião, e do presidente da Comissão de Direito Eleitoral de Lauro de Freitas, João Paulo Oliveira. O debate contou com mediação da advogada Camilla Mota. O segundo painel, dedicado ao Marketing Jurídico, teve palestras de Gabriela Macedo, conselheira da OAB-BA e responsável pelo perfil @falecomaadv, e Rafael Ribeiro, presidente de Marketing Jurídico da OAB-BA, além de mediação da advogada Lorrane Carvalho.  Encerrando a manhã do segundo dia de Congresso, a mesa temática sobre Direito Cível contou com palestras de Sarah Barros, presidenta da CCJA e especialista em Direito das Famílias; Rosalvo Augusto da Silva, juiz e diretor-geral da Escola de Magistrados da Bahia; René Viana, presidente da Comissão Especial de Direito Médico e de Saúde e diretor da CAAB; e Tatiane Leão, vice-presidenta da Subseção de Lauro de Freitas. A mesa contou com mediação da advogada Emanuella Macedo. Abrindo a tarde do segundo dia de Congresso, a secretária-geral da OAB-BA, Esmeralda Oliveira, a conselheira seccional, Dandara Pinho, e a vice-presidenta do CCJA da OAB-BA, Gabriella Marinho, apresentaram reflexões e protagonizaram debate em torno do tema Carreira Jurídica. A advogada Eliane Macedo mediou o encontro. Dedicado ao Direito Penal, a penúltima mesa contou com palestras e debate entre Marcus Rodrigues, presidente da Comissão de Apoio a Advocacia Criminal, e Murilo Azevedo, tesoureiro da Subseção da Lauro de Freitas. A mediação foi do advogado Angelo Abdalla. Na mesa de encerramento, o conselheiro federal e ex-presidente da OAB-BA, Fabrício Castro, o desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia, Sérgio Cafezeiro, e a consultora e mestre em Direito Público, Sabrina Dourado, participaram de um painel mediado por Helidissiony de Souza, presidente do CJA de Lauro de Freitas.
02/08/2022 (00:00)
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia