Quarta-feira
11 de Dezembro de 2019 - 

Nartir Weber volta a presidir a Associação dos Magistrados da Bahia

A juíza Nartir Dantas Weber foi eleita presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB) no biênio 2020/2022. Ela obteve 317 votos (50,5%) dos associados, contra 309 (49,5%) do juiz Vinícius Simões, e retorna ao posto, onde já esteve por dois mandatos. Desta vez ao lado ao juiz Alberto Raimundo, que será 1º vice-presidente, e do juiz Luis Henrique, que será o 2º vice-presidente. Houve grande comparecimento, com mais de 84% dos magistrados associados votando nesta eleição. Após quatro dias de votação, eletrônica e presencial, o resultado foi pulgado no início da noite desta sexta-feira (29). A posse da nova diretoria e conselhos acontecerá no dia 07 de fevereiro. Nartir Weber afirmou que um dos desafios será encontrar junto à classe formas de unir mais a magistratura. “O fortalecimento do Judiciário baiano passa pela união de todas as entrâncias e o Tribunal, para que possamos dar a resposta à sociedade, acerca do nosso trabalho, do desempenho da nossa função e das dificuldades enfrentadas”, afirmou. Entre os focos da gestão, segundo ela, estão, além das condições de trabalho, a remuneração compatível com as atividades desempenhadas, apresentação de alternativas viáveis em questões como plantão judiciário, licença-prêmio, férias, promoção, remoção e parcelas remuneratórias devidas à classe, incluindo aposentados e pensionistas. “Todos estamos trabalhando muito, sem condições e precisando ter a nosso trabalho reconhecido”, disse. Perfil - A presidente eleita é graduada em Direito pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), pós-graduada em Ciências Criminais (EMAB), Direito Penal e Processual Penal (FBD) e Atividade Judicante (UFBA), e é Mestre em Segurança Pública e Direitos Humanos (UFBA). Nartir Dantas Weber tem 29 anos de magistratura, tendo passado pelas comarcas de Canarana, Aurelino Leal, Teixeira de Freitas e Camaçari. Foi promovida para a capital por merecimento no ano de 2000. Em Salvador, foi titular da 6ª Vara da Família, 2ª Vara de Tóxicos, 7ª Vara da Família, 3ª Vara Justiça pela Paz em Casa e juíza substituta de 2º Grau do Tribunal. Foi presidente da AMAB por dois mandatos consecutivos (2010/2011 e 2012/2013) e também vice-presidente de Integração da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB). Em agosto de 2018, assumiu o cargo de juíza auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, órgão do CNJ, de onde saíra, até o próximo dia 05, para concorrer à presidência da AMAB. Nartir Weber entre os juízes Alberto Raimundo e Luiz Henrique
29/11/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia